Internet: inimiga ou aliada?

outubro 7, 2007 às 6:09 pm | Publicado em DEBATE, Pais X feras | 1 Comentário

Oi pessoal,

A nossa geração tem acesso a uma ferramenta poderosíssima, a Internet. Muitos pais, no entanto, ainda encaram com desconfiança, ainda mais quando o fera exagera no pc.

Eu particularmente uso muito a rede, principalmente pra baixar provas anteriores, resoluções e fazer pesquisas mesmo. Entro quase todo dia, e isso nunca atrapalhou meus estudos. Acho que se o estudante souber controlar bem o tempo, a web é muito útil mesmo. Afinal, em que outro lugar poderíamos estar discutindo o vestibular entre nós mesmos?

O que vocês acham? A internet é benéfica ou só atrapalha? Qual a freqüência ideal de acesso?  Dá pra estudar pela rede? É só dar a sua opinião.

Larissa

Anúncios

Os pais ou o fera? Quem vai se formar?

outubro 1, 2007 às 11:49 pm | Publicado em Pais X feras | 2 Comentários

É totalmente compreensível que os nossos pais fiquem em cima de nós em nossa decisão de curso, qual faculdade, quantos cursos devemos fazer etc. Eles querem o melhor pra nós, e muitas vezes sabem coisas que não sabemos, têm a sabedoria que não temos. Mas eu, por exemplo, conheço e conheci pessoas cujos pais claramente passavam da medida. Filhos que não fazem o curso que querem porque os pais não acham que é o melhor, pais que “estimulam” seus filhos a fazer o curso que eles fizeram e até mesmo casos em que o fera passa no vestibular mas não pode entrar, já que a mãe não gosta da faculdade ou o queria em uma outra… como lidar com isso? Como evitar que a “sabedoria” dos pais se deturpe em obstáculos ao futuro do estudante?

Se coisas desse tipo acontecem com você, caro(a) internauta, seja transparente. Converse sobre a situação, diga do que você não gosta, em que você acha que os seus pais passaram da conta, e como se pode resolver. Se for conveniente, peça para que seus pais conversem com a pedagoga ou psicóloga do colégio. É muito importante que, por parte da família especialmente, haja o maior apoio possível e o maior número de conselhos ESTIMULANTES. Quando o aluno se sente muito pressionado ou contrariado, ele tende a se desestimular com os estudos, e isso é muito normal. Pensem todos, pais e filhos, que o ambiente escolar, os estudos em si devem ser o mais divertidos possível, de modo que haja vontade de aprender por parte do aluno (por nossa parte, gente!).Mas lembrem-se também: façam por merecer, ou seja, tentem sempre provar, não aos outros mais a si mesmos, que vocês estão dando o melhor de si. Não se trata de estudar até o dia acabar; trata-se de estar interessado em aprender e em crescer todos os dias. Se você é realmente um fera que tem consciência das melhores opções e sabe argumentar até mesmo com seus pais, fica muito melhor para entrar em acordo com eles.

Quem tiver histórias para contar, contem-nos. Usem o espaço dos comentários para falar e buscar debates e soluções junto a outros que passaram pelas mesmas experiências que vocês, ou semelhantes.

Harry

Decisão Difícil

setembro 28, 2007 às 12:15 am | Publicado em Carreiras, Pais X feras | Deixe um comentário

Oi pessoal,

Depois de mais um dia de muito estudo, estou aqui como prometido pra falar de um dos primeiros desafios que devem ser encarados pelo vestibulando: a escolha da carreira.

É muito difícil conciliar o que você gosta com as perspectivas do mercado, e às vezes temos até que enfrentar a opinião da família. Principalmente quando o fera não quer ser médico, advogado ou engenheiro (eu que o diga).

Pra complicar ainda mais as coisas, a lista de opções parece não ter fim, e na maioria das vezes o fera é muito imaturo para decidir sua profissão pelo resto da vida.  Claro que alguns sabem há muito tempo o que gostariam de fazer, mas nesse momento toda ajuda é necessária.

Como vocês decidiram suas carreiras? Teste vocacional funciona? Alguém influenciou na sua escolha? Comentem, e contem suas próprias histórias.

Lara

Sobre como enfrentar os sermões

setembro 27, 2007 às 1:40 am | Publicado em Pais X feras, Vestibular.08 | 4 Comentários

Ouvir sermão de pai e mãe é algo bastante chato e até desestimulante, mesmo que seja necessário. “Pare de conversar balela nesse computador e vá estudar”, “Você tá em ano de vestibular, não pode fazer isso”, “Você tá saindo muito pra quem vai fazer vestibular”, “Quer passar como desse jeito?!”, entre outros. E o pior é que mesmo que você saiba que está errado, você acha que está sempre certo. Talvez eu não seja a pessoa certa para falar esse tipo de coisa, confessando agora que não estudei “necas-de-petibiribas” esse ano, e mesmo que o vestibular não seja um monstro eu tenho um pensamento pessimista que não vou passar, mas enfim, isso não é o que vem ao caso agora. A questão é: Como aguentar ouvir os mesmos sermões todos os dias?

A princípio, estes que reclamam de atitudes talvez irresponsáveis suas, estão totalmente corretos. Mas é necessário que haja um entendimento mútuo. Gostaria de saber quais providências vocês tomam quando seus familiares vêm com todo aquele “blábláblá”..

 (post confuso, desculpem. É que nesse exato momento minha mãe está pedindo que eu desligue o computador e vá dormir. Hahahahaha, pois é).

Gabriela Borges 🙂

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.