Oi gente!

outubro 12, 2008 às 2:36 pm | Publicado em Dicas, Vestibular 2009 | Deixe um comentário

Bom, a primeira vez que eu escrevi aqui foi bem rápido, tava super apressada e não tive tempo de falar tudo o que eu queria.

Quando aceitei a proposta de escrever aqui no blog tinha certeza que queria compartilhar com as pessoas aquilo que me angustiava e, sem sombra de dúvidas, as coisas que eu aprendia. Por isso quero sempre poder compartilhar com vcs novidades, notícias importantes, reportagens, ou seja, tudo aquilo que interessar sobre atualidades e oq acontece na época do vestibular e as mudanças que ele faz nas nossas vidas!! Então vamos começar né? auhauhahuauha

Meu fds foi ótimo, sábado não escrevi prq, dps de séculos, sai! Graças a Deus! e hoje peguei a melhor praia do mundo, com certeza vou começar a semana com as pilhas carregadas e tudo vai ser mais produtivo.

E por falar em produtividade, quem puder da uma olhadinha na veja da semana passada saiu uma reportagem ótima falando sobre a nossa última constituição. Além de falar um puco sobre as constituições passadas e o peso que elas tiveram na nossa sociedade. Acredito que é super importante vc estar ligado nessas coisas, as vezes, a gente acha super chato uma aula sobre constituição ai chega tem numa revista falando de uma maneira bem mais didática e atrativa, por isso, digo pra vcs algo que eu faço sempre, devoro todas as revistas e jornais que eu posso. Quanto mais informação eu tenho melhor! ahahahahaha

Ah e comentando sobre o post da Marina, faço das minhas palvras as dela. Vestibular, também é o seu conhecimento sobre o mundo, o seu poder de raciocinar, de colocar em prática coisas que vc vivencia no seu dia-a-dia, por isso, acredito que é muito importante vc manter atividades que geram prazer pra vc. Nunca é bom deixar de praticar exercícios, ler os livros que vc gosta, ir ao cinema, passear com os amigos, com a família. Estudar é imprescindível, mais saber manter o equilíbrio também.

Esse é o primeiros de inúmeros obstáculos que irão surgir nas nossas vidas, o que nos faz ter força para enfrenta-los é saber que sempre podemos contar com os momentos bons pra nos dar energia. Esse fds estudei muito pouco do que eu deveria, mas estou super feliz, pq fui a praia que é algo que eu amo, sai com os meus pais, meu namorado, meus amigos, é isso que faz a diferença é isso que faz vc querer o melhor pra vc.!!!!

Muitos abraços gente! que a nossa semana comece da melhor maneira possível, com muita paz, alegria e estudo, afinal vestibular tbm é estudo né auhauhahuahuauha

beijão!!!!

Anúncios

Atenção com a UPE

novembro 30, 2007 às 6:03 pm | Publicado em Dicas, UPE | 1 Comentário

Oi galera!

Quero desejar sorte e boa prova a todos os que vão prestar UPE agora nesses dias 2, 3 e 4 de dezembro. Como já passamos pela primeira fase da UFPE, é normal que o nervosismo diminua nas etapas seguintes. Prestem atenção nas V ou F da UPE porque elas costumam estar certas até um ponto, geralmente estando o erro nas últimas palavras.

Vários colégios estão colocando aulões nos próprios dias da UPE (domingo à tarde, segunda à tarde, além de ter no sábado). É uma boa idéia ou já é forçar demais a barra?

Um ponto importante da UPE é o peso das redações. Fiquem atentos a isso, porque elas têm metade do peso do grupo de português, ou seja, toda a prova vale 10,0 e a redação também vale de 0 a 10,0. Segundo as dicas do professor Marcelo Bernardo, a banca da UPE é muito cri-cri, então sejam bem claros e limpos nos textos. Usem referência histórica, pois é importante, mas quando forem fazer uma citação não reproduzam as exatas palavras do autor. Façam uma paráfrase, usem suas palavras para interpretar a citação. Qualquer dúvida, falem com a gente aqui do Blog.

Grande abraço,

Harry

A primeira não é a última

novembro 20, 2007 às 12:28 am | Publicado em Dicas | Deixe um comentário

A maioria dos colégios treina muito mais os alunos para a primeira fase da UFPE, com 9 em cada 10 questões sendo correspondente a esse primeiro momento. Faço aqui um alerta: peguem já essa semana, se é que não o fizeram antes, para mergulhar na segunda fase da prova, pois o patamar das questões costuma ser outro. Além do quê, eu acredito que, estando preparado para um nível acima, a primeira fase será mais tranqüila. De qualquer forma, estamos em cima do prazo, não há mais tempo para preocupações, só concentrações.

Gostaria de deixar um recado para abrir a mente da galera: como está exposto no meu perfil, eu acredito piamente que o vestibular é só mais uma prova a que estamos submetidos. Claro que é a mais decisiva das avaliações de ensino médio, mas mesmo assim olhem para ela cara a cara. Não há absolutamente nada de novo a ser apresentado. A prova é altamente previsível. Meus professores do CBV já gostam de dizer: “Tal assunto cai há três anos consecutivos. É questão certa este ano.” Outro: “Este conteúdo não cai há muito tempo; é uma possibilidade muito forte este ano”. Sim, vocês não leram errado: se cai há muito tempo ou se não cai faz tempo, vai cair este ano!!! (somos o ano premiado hahahaha)

Não subestimem a prova, pois isso baixará as suas guardas; porém, muito mais importante, NÃO SUBESTIMEM A SI MESMOS!!!  “Vocês são capazes”: eu quero que todos vão fazer o vestibular com essa frase em mente, ok?

Abração bem gigante e apertado já antecipando o choro (de vitória, ou de mais um ano de luta… hehehe piada infame)

Harry

Eu tou nervoso… que que eu faço???

outubro 5, 2007 às 9:49 pm | Publicado em Dicas | Deixe um comentário

Adrenalina, tremedeira, o indesejável “branco”… justamente no dia da grande decisão. Tem como evitar?

Pergunte a um palestrante internacional,  brilhante orador, o que ele sente momentos antes de sua apresentação. Nove entre dez respostas: um “friozinho” na espinha. Por mais que ele esteja preparado, não importa o quanto ele domine o assunto de que vai tratar, é mais do que normal se sentir inseguro nos momentos decisivos. Com o vestibluar, não é diferente. Mesmo que se domine 100% do conteúdo – o que é virtualmente improvável -, aquele é um ambiente que vai exigir do fera muito mais do que conhecimento: é necessário equilíbrio emocional, algo que não se consegue simplesmente com horas de estudo.

Para diminuir o nervosismo e a ansiedade, tranquilize a mente. Aquilo em que você foca sua atenção se torna maior. Se você visualizar muito a dificuldade que terá para fazer a prova, é bem possível que aumente a tensão de tal modo que questões fáceis pareçam impossíveis. Na maioria das vezes, quando travamos em certas questões, são besteiras que não vemos, detalhes que passam desapercebidos por falta de atenção. Por isso, mantenha o foco nas questões, e não em sua capacidade de resolvê-las ou não.

Mais importante de tudo: você NÃO FARÁ O VESTIBULAR 100% TRAQUILO E FELIZ; VOCÊ FICARÁ NERVOSO SIM, VOCÊ SE DESCONCENTRARÁ SIM, DARÁ UM BRANCO SIM!!! Como o mestre orador, vai dar um frio na espinha. Mas, assim como o mestre orador, todos nós vamos ter de fazer a bendita prova com o frio na espinha mesmo. Uma dica muito boa pra não deixar que isso te domine: decore o menos possível. Se você está acostumado a só decorar conceitos, fórmulas e métodos de resolução de questões, será muito mais fácil esquecer na hora, porque tudo não passam de “bizús”, coisas que você grava mas não entende. Procure aprender métodos que você consiga entender, captar, de um jeito que conseguiria explicar detalhadamente pra outra pessoa. Nós podemos achar que sabemos, mas se não conseguimos explicar pros outros, na verdade não dominamos. Chame seus amigos por aí e pergunte na cara-de-pau: deixa eu te ensinar isso? ^^

Pra ter segurança em um assunto, pergunte. Ficar calado não vai te ensinar nada. “Por quê?” e “Como?” serão eternamente palavras mágicas. Não deixe as coisas passarem sem que você entenda. Aproveite o momento em que os professores perguntam “Alguma dúvida?” pra dizer: Me explica tudo de novo, não entendi nada.

No mais, a prática traz maestria. Acostumem-se a ficar em situações desconfortáveis, em que vocês tenham que tomar a frente, porque assim vocês treinam o nervosismo; será algo muito útil inclusive em suas vidas profissionais. Quando você pensar em dizer “eu tou com vergonha/medo”, faça exatamente aquilo que você teme. 99% das vezes, não é tão difícil como parece. Aí, quando der o dia do vestibular, você faz a prova todinha assobiando…….. embora tremendo e suando frio.

Harry

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.