O jovem lê?

novembro 10, 2007 às 11:18 pm | Publicado em Lazer, Literatura, Redação | 8 Comentários

O jovem de hoje é rotulado como um consumista que só gosta de ouvir música, assistir a TV e navegar pela internet. Livros, só aqueles obrigados pelo colégio, os temidos paradidáticos. Jornais então, nem se fala.

Mas é isso realmente o que acontece? Toda generalização é burra, e essa segue a risca a regra. Nós temos um acesso à informação fora do comum, nunca tantos livros foram publicados no Brasil. Nunca tantos livros foram vendidos no Brasil.

Tomo minha sala como exemplo disso. Mesmo a famosa “galera do fundão” sempre traz um livro pra sala de aula (mesmo que seja só pra ajudar a encarar a maratona de aulas). E num é qualquer livro não. Já vi gente levando a Divina Comédia debaixo do braço.

Claro que alguns adolescentes formaram um preconceito bobo contra a leitura. O que é uma coisa irracional, porque existem livros para todos os gostos. Até para aqueles que não gostam de ler.

O que se pode argumentar, e nesse ponto eu concordo, é que os brasileiros, de um modo geral, não conseguem interpretar satisfatoriamente o que estão lendo. Isso é um problema crônico da nossa educação, e um dos responsáveis pelo subdesenvolvimento da nação.

Gostaria de sugerir uma enquete: O jovem lê? Vocês podem responder nos comentários, dizendo sim ou não, e justificando se quiser.

P.S.: Já que estamos falando de leitura, um dos meus gêneros preferidos é a distopia, uma utopia ao contrário. Os três melhores livros do gênero (vou colocá-los na minha ordem de preferência) são 1984 (George Orwell), Farenheit 451 (Ray Bradbury) e Admirável Mundo Novo (Aldous Huxley). Todos são retratos de sociedades “futuras”, mas que apresentam semelhanças incríveis com a nossa época, principalmente 1984.

Larissa

Anúncios

8 Comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Sim.

    O interessante disso, é que muitas pessoas pensam que é o contrário só porque muitos jovens gostam de navegar na internet, jogar vídeo games, ver televisão, etc. Mas…não sei o porque de pensarem que isso impederia alguém de ler um livro.

    Um gênero de livro que eu gosto é o de Romance Policial, mas…eu leio todos. xD

    Bom…se for pra aconselhar um livro…aí eu já me atrapalho um pouco. São muitos livros de que eu gostei. Um escritor que eu gosto muito é Charles Bukowski. E um livro dele, que eu aconselho, é Hollywood.

    PS.:Charles Bukowski é um escritor bem…”despojado”…então, para os que tem uma mente “pura”, pense bem antes de ler algum livro dele.

  2. Não, o jovem não lê.

    Pelo menos, não o jovem brasileiro 😀

    Na classe média, podemos dizer que isto é somente parcialmente verdadeiro, mas conforme vamos nos dirigindo a classe mais humilde da sociedade vejos que não poderia haver fato mais óbvio, afinal de contas, é difícil gostar de ler quando nem ao menos se sabe ler.

    Devemos pensar no leitor brasileiro como ele realmente é, um leitor descompromissado, casual e normalmente lê de maneira rápida e sem parar para raciocinar. Não quero dizer que todos os leitores fazem isto, estou dizendo que não é todo mundo que tem capacidade para entender certo tipo de literatura, Machado não pode ser lido por todo mundo e deveria ser considerado crime usar ele como paradidático.

    Gostaria que isto não fosse verdade, mas nada se pode fazer contra os fatos.Falo isto como um leitor esporádico mas consciente, ler não deveria ser encarado como atitude prazerosa e iluminador, o que de fato é, a maioria das pessoas lê somente para se distrair, talvez por isto que não gostem de ler e sim de filmes, afinal é uma linguagem muito mais simples.

    Citando o mestre Monteiro Lobato :
    “Um país se faz com homens e livros”
    Enquanto o Brasil não tiver uma política de incentivo a leitura seremos sempre um país atrasado, mas eu entendo ler não só no sentido denotativo da palavra.Ler é algo muito mais profundo, você tem quer entender o que o autor quis dizer com determinado evento ou passagem do livro, para ler superficialmente é melhor ir praticar um esporte, o tempo vai ser melhor aproveitado 😀

  3. WL, o hábito da leitura para se disseminar precisa ser estimulado pelo seu lado lúdico e pelo incentivo à curiosidade. Só isso faz alguém parar para ler um livro, qual seja o seu gênero.

    Dizer que Machado não pode ser lido por todo mundo é uma afirmação preconseituosa. É também nivelar por baixo e não querer enfrentar o problema. Você só consegue formar sua capacidade crítica e sua compreensão de texto treinando, amigo WL. LENDO e LENDO, amigo WL. Possivelmente, alguém com pouco hábito de leitura não entenderá por completo tudo que ler, mas aquele esforço de leitura despertará seu intelecto. Uma próxima leitura despertará mais um pouco e assim por diante… mesmo o leitor mais assíduoi

    Acredito na capacidade dos estudantes e acho que os paradidáticos deveriam, a partir da 7ª série, crescer em complexidade. Acho, inclusive, que as escolas subestimam a capacidade dos seus alunos.

    No colégio onde fiz meu ensino fundamental, o Colégio Visão, a partir da 7ª série estudávamos literatura e nossos paradidáticos eram clássicos da literatura. Quando cheguei ao Atual, no 2º grau meu nível de compreensão e interpretação de texto (e o da maioria dos meus colegas vindos do Visão) estava muito à frente da turma do Atual, que estava sendo apresentada a este tipo de literatura no ensino médio. Além disso, tinha muito mais hábito de leitura. Leitura descompromissada, o que é melhor!

    É o leitor descompromissado que mantém a leitura, amigo WL. É este leitor que tem prazer de ler (o que você menospreza, inocentemente), mas prazer de ler impulsiona a leitura, o consumo de conhecimento, de sonhos, de lazer, de motivação… Ler para adquirir conhecimento é importante, mas também é importante fazê-lo para se distrair é importante. O mundo não é feito apenas de conhecimento, amigo WL. Não seja tão restrito e acadêmico no seu intelecto.

    Não seja tão restrito também a dizer que a linguagem de cinema é mais simples, o que não é… e de longe! Creio que você quis dizer que a atitude do espectador é mais passiva (o que também é questionável), mas você apenas vê de um ponto de vista limitado.

    Lembre-se que o cinema, antes de ser cinema é literatura, mas tudo bem, vamos tratar de forma rasa: não vem ao caso porque no cinema ninguém lê o roteiro, apenas assite ao resultado desse roteiro. O fato é que o cinema capacita a quem assiste a ter uma leitura visual mais complexa do mundo ao seu redor. O cinema nos ajuda a ter percepção de nuances de comportamento das pessoas, por exemplo. E isto pode não se literatura, mas é importante para oa formação intelectual do indivíduo.

    Pra finalizar, amigo WL, o Brasil tem sim várias políticas de incentivo à leitura. Basta olhar nos sites dos governos Federal, Estadual e Municipal… Há muitos anos! Se são eficazes ou não, pode-se discutir. Mas o fato é que incentivo à leitura mesmo é, por exemplo, quando uma Martin Claret nos presenteia com uma coleção de ótimos livros a preço médio de R$ 9,90, com qualidade gráfica, capa bem elaborada e diagramação de primeira! Quando a LP&M também tem uma política de edição que dá ao leitor acesso aos grandes clássicos com a mesma qualidade. Acontece também quando deixamos de impor limites culturais e preconceituosos em nossas opiniões acerca da leitura. Quando a encaramos e deixamos os outros encará-la como algo prazeroso e lúdico. Sem academicismos.

    Só assim continuamos fazendo o Brasil crescer, cada vez mais, como um país de leitores.

  4. Me chamo Wellington 😀

    Não vou demorar escrevendo, até porque creio que não devesse postar denovo para este post, só gostaria de deixar alguns pontos claros :

    Não menosprezo o leitor casual, pelo contrário, menosprezo aqueles que lêem determinados livros para impactar amigos não levando a leitura a sério, e como já disse sou eu mesmo um leitor casual 😀

    Apesar de não me considerar profundo conhecedor de cinema, sei que há filmes complexos, mas assim como na literatura, este são minoria. Quando citei o cinema estava me referindo a filmes de puro entretedimento.

    Não nego as políticas que o país vêm tomando para incentivar a leitura, digo só que elas não estão funcionando, até porque, para conseguir de fato vender livros precisa não só cortar os impostos, o que já foi feito, como também construir um país leitor, divulgando os prazeres e as vantagens de se ler sempre, mesmo que descompromisadamente 😀

  5. Antes de enfrentar as exaustivas provas do Vestibular 2007, os feras podem relaxar participando de um trabalho feito com base no Método Raimain que foi desenvolvido sob medida para eles. O espaço Corpovida, localizado nas Graças, abriu inscrições para as Oficinas de Redução de Stress para Vestibulandos, que serão realizadas nos três dias que antecedem cada uma das duas etapas de provas da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). A psicóloga Graça Novaes, professora de Pilates, Aprendizagem Corporal e de Técnicas de Relaxamento, além de especialista no Método Raimain, assina a coordenação do workshop.
    O trabalho consistirá em vivências de técnicas de relaxamento, com a utilização de exercicios respiratórios, auto-massagem e meditação. “Visamos possibilitar mais harmonia, condição essa fundamental para que o vestibulando possa expressar seu aprendizado durante as provas”, explica Graça Novaes. Cada oficina terá duração de duas horas.
    “Os exercícios aprendidos durante curso, como os de respiração e meditação, poderão ser utlizados pelo vestibulando no momento de realização das provas”, conta a coordenadora Graça Novaes. As oficinas serão realizadas em três turnos, durante cada um dos dias programados. O vestibulando pode optar por fazer um pacote e participar de mais de um workshop. Por cada oficina será cobrada uma taxa de R$ 30,00.
    Quem quiser completar o relaxamento pode agendar sessões de massagem ayurvédica e reflexologia, que serão oferecidas nos dias das oficinas pelos profissionais do Corpovida. As terapias não estão incluídas na taxa da oficina. O agendamento e a inscrição antecipada para as turmas nos horários manhã, tarde e noite, e também para as massagens, deverá ser feito pelo telefone 3423-6825.

    SERVIÇO

    Oficina de Redução de Estresse para Vestibulandos
    Dias: 22, 23 e 24/11 (Primeira fase da UFPE)
    29, 30/11 e 01/12 (Segunda fase da UFPE)
    Rua das Graças, 68, Graças. Telefone: 3423-6825/ 3231-3681
    Horários: manhã, tarde e noite

    MAIS INFORMAÇÕES

    * Graça Novaes – psicóloga e coordenadora – 3423-6825/ 9966-5411
    * Neusa Rodrigues – assessoria de imprensa – 9267-5301 ou neusaphr@yahoo.com.br

    CURRÍCULO DA PROFESSORA

    – Psicóloga (CRP: 02/226), com Pós-graduação em psicologia: Teoria e Pesquisa UFPE
    – Curso Movimento e Dança Marylebone Institut – Londres
    – Membro da Associação Internacional Simone Ramain
    – Terapeuta Ramain – cursos no Brasil e na França
    – Trabalho em Psicomotricidade – Professor Victor da Fonseca – Lisboa
    – Formação em “Equilibração Corporal”
    – Formação no Centro de Cadeias Musculares e Técnicas G.D.S. (São Paulo), filiado ao Instituto de Bruxelas, Bélgica.
    – Formação em Pilates Mat – Physiopilates
    – Professora do Curso de Pós-Graduação em Psicomotricidade Relacional – Facho/ Icone

  6. Opa, Lara.
    Sobre o jovem ler é uma questão complicada, pois com o aumento crescente da sociedade também há um aumento crescende de jovens fúteis e hostis, o que dá à muitos uma visão errada ou deturpada da situação.

    Pelo menos no meu grupo de amigos, todos lêem, e garanto que não são revistas de fofoca.
    Sobre mim, ler talvez seja meu hobby preferido, e sorbe os livros que citou, já li todos!
    Acho Huxley genial, assim como Orwell.

    E indico “as portas da percepção” do mesmo, Huxley.

    Beijos!

  7. OII, gostei muito do seu blog, parabéns.
    sou aluno do segundo ano de geografia da UEM , universidade estadual de maringá. e fiz um blog desse para minha sala, mas não to conseguindo mexer . me ajude por favor.
    cleberdesbravador@gmail.com

  8. eu amo ler,estou cursando o segundo ano do ensino médio.gosto de ler cronicas ,aventura,romance, suspense,ler é um dos maiores prazeres da minha vida.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: