Periodo Regencial (1831-1840)

novembro 11, 2008 às 9:00 pm | Publicado em História | 9 Comentários

Entre a abdicação de D. Pedro I e a antecipação da maior idade de D. Pedro II, o Brasil passou por dos periodos mais instaveis e confusos de toda sua história, alguns historiadores chegaram até a afirmar: ‘Se o Brasil não sobreviveu ao Periodo Regencial, então ele resiste a tudo!’. Mas porque eles afirmam isso com tanta certeza? Simples, com a saída de D. Pedro I, o país passou a ser governado por uma regencia trina, primeiramente provisória, pois quando ele abdicou a câmara estava de férias, e depois por uma regencia trina permanente que deveria ser durar até que D. Pedro II tivesse a idade para assumir o posto de imperador, mas que só durou três anos. Daí se tentou uma regencia una, a primeira regida por Diogo Antônio Feijó, mas não chegou a durar nem dois anos pois no seu mandato estouraram todas as revoltas contra o governo central e a última regencia, também regencia una, liderada por Pedro da Araujo Lima, um pernambucano incrivelmente conservador, tanto que seu apelido era ‘Baú da Tradição’, sua regencia durou até 1840 quando o golpe da maior idade se concretizou e ele foi forçado a abandonar o poder, não muito feliz com isso. Mas qual os motivos de tanta instabilidade politica? O principal motivo era o conflito entre os três partidos que tentavam controlar o país e a falta do poder moderador para impor ordem na politica. O antigo Partido Português se tornou quase que exclusivamente o Partido Restaurador com a saída de D. Pedro I e pregava ‘Com Pedro I era ruim, sem ele é pior ainda’ (o partido se desfez com a morte de D. Pedro I em 1834 e se integrou com próximo partido formando o Partido Regressista); o antigo Partido Brasileiro se dividiu em dois: Liberal Moderado, era formado quase que exclusivamente pela aristocracia emergente do sudeste e defendia uma centralização mais forte, onde as provincias mais pobres bancassem o avanço das mais ricas (em 1834 incorporou em si o Partido Restaurador e se tornou o Partido Regressista) e o Liberal Exaltado que se baseavam totalmente nas ideias Iluministas e eram os aristocratas de provincias prejudicadas pela centralização como PE, RS, BA, PA… (em 1834 se tornou o Partido Progressista) Um fato interessante do Periodo Regencial foi que o Brasil experimentou o gosto de Republica em plena monarquia. Como? Simples. Os regentes unos foram escolhidos por meio de uma votação geral e tendo seu mandato aprovado por um coléfio eleitoral, ou seja, do mesmo jeito que um presidente é eleito nos EUA. Foi no Periodo Regencial que houve finalmente a luta pelo poder politico entre o Sudeste emergente e as demais provincias brasileiras e onde o Sudeste saiu vitorioso premeditando o eixo de poder do inicio do periodo republicano.

Principais Revoltas do Periodo Regencial

Cabanagem (1835-1840): com a derrota dos liberais exaltados, ou progressista no Pará, o governador foi indicado pelo RJ, a maioria da aristocracia local não aceitou o fato. Temendo uma revolta o RJ mudou o governador, mas este também não agradou os paraenses, mudou novamente, mas continuou sem agradar porque na verdade os paraenses queriam no poder um progressista paraense, como isso não ia acontecer pelo governo geral estar sendo controlado por regressistas acabou que Rodrigo Lobo de Souza foi escolhido como governador e não aceitou ser retirado do poder pelos aristocratas e já assumiu com mão de ferro contra os aristocratas locais. Alguns progressistas inspirados pelas teorias de Rousseau cometaram o erro de envolver o povo na briga, ou os Cabanos, como eram conhecidos lá. Os Cabanos foram até Belém e retiraram Lobo de Souza a força do palácio do governador e o mataram. Os progressistas colocaram no poder Félix Malcher e mandaram os cabanos de volta para a miséria. Só que agora que eles já tinham provado que poderiam derrubar os aristocratas não aceitaram as ordens mais e começou uma guerra civil com a morte de Félix Malcher, foi só em 1840 quando D. Pedro II assumiu que conseguiram suprimir a revolta onde 40% da população paraense foi dizimada (praticamente todos eram cabanos)

Guerra dos Farrapos ou Revolta, Revolução Farroupilha (1835-1845):

Não só foi a maior revolta do periodo regencial como também a maior guerra civil brasileira se arrastando por 10 anos e tendo chegado a proclamar duas republicas independentes. Ela ocorreu do sul do Paraná até a froteira com o Uruguai, tendo no Rio Grande do Sul o maior expoente de sua batalha. A revolta foi motivada pela desvalorização da charque (principal ração dos escravos)gaúcha, o governo central não criara nenhuma medida protecionista para que a charque do RS pudesse concorrer com a charque platina (que era mais barata e de melhor qualidade). Irritados os aristocratas exigiram que o governo o fizesse, como eles se recusaram a guerra estourou. Liderados por Bento Gonçalves e Giusseppe Garibaldi (herói da unificação italiana que abdicou do seu poder lá para evitar uma guerra civil entre republicanos e monarquistas) os farroupilhos declarararam independente a Replúbica de Pirantini (RS – 16/11/1836) e Juliana (SC – 25/07/1839). Com D. Pedro II assumindo o poder em 1840 a guerra entrou no seu periodo de negociação e em 1845 a paz foi assinada e o RS reincorparado ao país (pois o Brasil era o seu principal mercado consumidor).

Revolta dos Malês

Ocorreu na Bahia, liderado por escravos de origem árabe (eram os mais aculturados, alguns chegavam a ser letrados)que não aceitavam a subordinação aos brancos. Eles lideraram um movimento onde qualquer pessoa que não fosse negra (nem criollo escapava) deveria ter a cabeça cortada. Foi a mais forte rebelião de negros na história brasileira. Foi a guarda nacional que destruiu a revolta, alguns senhores de terras chegaram a mandar carta para o governo geral pedindo para que ele manerasse nas mortes senão ficariam sem seus escravos.

Sabinada (1837-1838):

Também ocorreu na Bahia e foi liderada por Francisco Sabino Alvares Vieira, dai o nome do movimento. Por fazer forte oposição ao governo central os progressistas baianos cortaram laços com o governo central alegando que só voltariam a se incorporar ao Brasil quando D. Pedro II assumisse, eles pretendiam criar uma república baiana com data para ser extinta.

Balaiada (1838-1841):

Ocorreu no Maranhão e posteriormente se alastrou para o Piauí e foi um conjunto de revolta que posteriormente foi chamada de balaiada. Foi marcada pela inusitada proclamação de um lider do quilombo maranhense que se auto proclamou ‘imperador do maranhão’ tal fato assustou as elites locais que passaram a tentar derrubar o tal ‘imperador’
Tais revoltas fizeram com que os Regressistas perdessem prestigio politico e aumentasse as chantes dos Progressistas chegarem ao poder. Com um golpe que ficou conhecido como ‘golpe da maior idade’ eles conseguiram antecipar a maior idade de D. Pedro II, na época com 15 anos e o proclamaram imperador do Brasil. Foi no periodo regencial que o pais criou seu codigo de processo criminal, tentando adequar as leis ao povo e ao cenário politico da época.

Daqui a pouco ou amanhã o gigantesco Segundo Reinado… Deem uma boa olhada no Primeiro Reinado (Confederação do Equador) e depois no Segundo Reinado (Revolução Praieira – essa principalmente esse ano faz 160 anos do movimento) foram dois movimentos que aconteceram em PE, e vocês sabem que a COVEST ama questoes ligadas a nosso amado estado.

No mais só isso, fico por aqui mesmo. Estudar!

Bruno Tôp

About these ads

9 Comentários »

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URI

  1. adorei

  2. Cara Shoow de Bola =)

  3. Nossa adorei,vai ajudar muito no concluimento do meu trabalho de história sobre (As Rebeliões do Período Regencial)

    Legal o Blog

  4. nossa espero kk esteja certo

  5. o periodo do instabilidade politico de 1836 á 1845 e as rebelioes que ocorreram no brasil imperio

  6. legal ajudou muito na minha pesquisa valeu gotei muito é d +

  7. Nsssss VeeI! sse ALgumA coSIa tiveh errada eo RODEEEEEEI! HAHahahah! mais agradece aeE! AJUdO pA caraIO eeO =D! preciSO soh responde mais 32 perguntas ;S

  8. ajudou muito na prova de amanhã

  9. Meu Ajudo d++++!
    pro meu teste amanha!
    vai ser sobre o periodo regencial!
    Poder local + central!
    poder privado e publico!
    vlw mAN!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com. | O tema Pool.
Entradas e comentários feeds.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: